Notícias

Festa de Natal do AFC

festa natalafc 2

Foram muitos os Academistas que hoje se juntaram à Festa de Natal do Académico FC.

A tarde começou com uma pequena lembrança do Académico FC ao atleta António Queiróz, que iniciou a sua carreira neste clube e há 10 anos rumou para destinos mais longinquos, e que hoje faz parte dos convocados da seleção australiana para o Campeonato do Mundo de 2013. Seguiu-se o jogo de Andebol entre o AFC e a Seleção da Austrália, tendo a nossa equipa vencido por um golo (25-24). Entre os convidados destaque para a presença do Presidente da Federação de Andebol de Portugal. Depois do jogo a festa prosseguiu com a atuação de vários atletas do AFC, que abrilhantaram o momento com vários sketches, coreografias e música.

Uma palavra especial para todos os Academistas que de forma voluntariosa promoveram este evento.

terça, 22 janeiro 2013

Mensagem de Natal

jps

A Direção do AFC deseja que a época natalícia de 2012 propicie a todos os academistas, o reencontrar do espirito solidário e fair play que sempre caraterizou a nossa forma de estar no desporto e da vida em sociedade.

Nestes tempos difíceis, pertencer a um clube desportivo como o AFC poderá e deverá ser uma mais-valia para todos nós. Juntos amorteceremos as amarguras e injustiças que estamos a ser alvo, transmitiremos força, convicção, camaradagem e amizade, de uns para os outros, e assim vamos ultrapassar melhor todas as eventuais dificuldades.

Natal é tempo de paz e harmonia, o melhor momento para construir novos sonhos individuais e coletivos, sugerimos audácia na dimensão dos vossos desejos e a maior disponibilidade e empenho para os materializarmos.

Que o Académico FC seja um fator mobilizador do melhor que cada um de nós possui, e que nenhum de nós se esqueça da medida em que o Académico FC depende da nossa atenção e do nosso carinho.

Um Santo Natal para todos Vocês

 

José Pedro Sarmento de Rebocho Lopes

Presidente da Direção do AFC

terça, 22 janeiro 2013

Crónica de Hélder Pacheco

afc logo antigo

//Passeio Público//

101 anos pelo Porto

A crise da cidade radica em desindustrialização e despovoamento. O Porto deveria atingir em 2000 meio milhão de habitantes e possui 240 mil. Deixou despovoar o Centro Histórico e a Baixa, perdeu lojas, cinemas e cafés. E identidade. Por isso, o associativismo, marca do carácter portuense, viu morrer, ao longo do século XX, colectividades de rua, do bairro ou da cidade. A situação do Boavista e do Salgueiros é sintomática da tragédia da urbe e as excepções são milagres.

É o caso do Académico, que completou 101 anos ao serviço do Burgo, e dos 700 jovens que o frequentam. Em tempos de crise de valores, manter um clube dedicado ao bem comum, é obra. Representa a dignidade de gente que se recusa a desistir.

Na sessão do aniversário, tomou posse a Direcção presidida pelo professor Pedro Sarmento, herdeiro de família academista. No seu discurso, disse o nóvel presidente que aceitava o cargo por "profundas convicções sobre a responsabilidade social que todos devemos ter para com a comunidade" e que, "no actual quadro de crise económica, o movimento associativo desportivo poderá ter um papel extraordinário na superação de dificuldades". Realçou que "O AFC () sempre assumiu um importante papel no desenvolvimento de objectivos solidários e de intervenção social", não só na prática desportiva, mas também "na defesa dos valores de uma cidadania consciente e activa". E que "nestas simples instalações dezenas de portuenses trabalham anonimamente pelo direito ao desporto" e explicou que um dos motivos do seu "enamoramento pelo Académico foi justificado, desde muito cedo, pelas cores Alvinegro do equipamento e pelo nosso emblema", confessando: "Não conheço nenhum tão bonito". (Querem melhor prova de que, apesar de tudo quanto fazem para o destruir, o espírito do país está vivo?).

in JN (versão impressa), Edição 15/12/2012, Pág. 21

terça, 22 janeiro 2013

Nota de pesar

afc logo

A Direção cumpre o doloroso dever de informar os associados do AFC, da morte da Mãe do nosso Vice-Presidente Engº. Francisco Perdigão.

D. Maria Luisa Perdigão era esposa de Mário Perdigão e mãe de Henrique Perdigão, dois dos mais ilustres academistas.
À Família o Académico Futebol Clube presta a mais sentida homenagem.

terça, 22 janeiro 2013

Reuniões com as Secções

A Direção continua o ciclo de reuniões com as várias secções do Clube. Ontem Fernando Carvalho apresentou as várias atividades do Ginásio, enquanto Eduardo Rego traçou a panorâmica da secção de Basquetebol.

dir modalidadesdir basq

domingo, 20 janeiro 2013

Reunião Direção com Secção de Andebol

dir andebolA Direção iniciou o ciclo de reuniões com as várias secções do Clube.

A secção de Andebol reuniu ontem, 2ª feira, com a Direção. O prof. Irineu e o Eng. Diamantino apresentaram a organização funcional da secção de Andebol.

domingo, 20 janeiro 2013

Reunião Plenária da Direção

plenario 01

Ontem realizou-se a primeira reunião plenária da Direcção do AFC. Estiveram presentes seis dos sete membros da Direção e os Chefes das secções do Andebol, Basquetebol, Hóquei em Patins e das modalidades de Ginásio.

Foi apresentada uma análise da situação financeira do clube, o organograma da actual Direção,o novo modelo de funcionamento e as bases de uma estratégia de comunicação interna e externa.

Ficou ainda definido que durante a próxima semana terão lugar reuniões individuais entre a Direção e cada secção.

A reunião decorreu num clima de franca camaradagem e excelente espírito academista.

O Sr. Fernando Carvalho pediu para ser substituído nas suas funções de chefe de secção das modalidades de Ginásio.
O Presidente demonstrou o seu apreço pessoal pelo sócio em causa e evidenciou a qualidade do trabalho produzido e o longo período de 12 anos como Dirigente do AFC.

domingo, 20 janeiro 2013

Mensagem do Presidente da Direção

Mensagem aos Sócios

jpsCaros associados o Académico Futebol Clube é uma grande instituição, com um extraordinário historial e um não menos aliciante futuro.

Como em todas as instituições associativas a sua grandeza depende diretamente do acumular de pequenas intervenções de todos os seus membros, a nossa força é o resultado da contribuição e participação de todos nós.

Não vale a pena escamotear a realidade, se todos nós não nos unirmos e cumprirmos com a nossa quota parte de responsabilidade de associado, as dificuldades podem-se tornar insuperáveis.

Por favor partilhem desta maravilhosa aventura de participar no desenrolar da nossa história coletiva de "grande" clube desportiva. Acompanhem e apoiem as nossas equipas nos jogos e campeonatos e mantenham as vossas comparticipações mensais para com o clube atualizadas.

Um grande clube faz-se da sequência de muitas pequenas ações individuais que originam os grandes feitos coletivos.

Vamos todos apoiar o Académico Futebol Clube!


José Pedro Sarmento de Rebocho Lopes
Presidente da Direção do AFC

domingo, 20 janeiro 2013
Pág. 27 de 28